Até onde você quer chegar?

Você já parou pra pensar e se fazer uma pergunta simples mas ao mesmo tempo poderosíssima como:

Até onde eu quero chegar?

Digo isso porque, como trabalho com desenvolvimento pessoal e profissional há muito tempo, ministrando cursos e treinamentos e atendendo como Coach percebi que muitas pessoas ainda não sabem essa resposta, ou pior, nunca se quer fizeram a si mesmas essa pergunta.

Imagine a seguinte situação…

…o seu telefone toca e você recebe um convite para fazer uma viagem importante, só que a voz do outro lado não diz pra onde você vai nem quanto tempo você vai permanecer nesse local… a pergunta que eu te faço é: o que você levaria na mala? alías, levaria uma mala consigo?

O ponto é que somente se você souber onde quer chegar você poderá então decidir o que colocar em sua “mala de viagem”, se é que você realmente vai precisar de uma;

Não dá para estar “equipado” para algo que você ainda nem sabe o que é…  

A maioria das pessoas montam suas “malas” e levam consigo coisas desnecessárias ou deixam de levar coisas importantes e por isso a viagem é extremamente desconfortável, ou levam coisas de menos ou coisas demais.

A única forma de lidar com isso de maneira eficiente é saber exatamente para onde você vai e isso só é possível se você fizer a pergunta certa…

Faz sentido pra você isso?

Então aqui eu aproveito para te perguntar: Até onde você quer chegar?

Reflita por alguns instantes e somente depois de ter uma resposta para a pergunta acima decida qual é a “bagagem” necessária pra que você obtenha êxito…

Parece simples e na verdade é simples…basta responder a pergunta.

E eu não sei exatamente onde você quer chegar, mas uma coisa eu sei……se você está comprometida(o) com o seu sucesso pessoal e profissional você precisa aprender o que as pessoas de sucesso fazem, é muito mais fácil chegar lá sabendo o que alguém que já chegou fez.

Por que conteúdo ainda é rei?

Muito antes da internet ser inventada, o axioma definitivo no mundo “impresso” era que “o conteúdo é rei”. Hoje em dia, em que o conteúdo on-line domina, os maiores especialistas em marketing na internet ainda dizem que “o conteúdo é rei”.

Por que esse é o caso? Isso mesmo depois de décadas, não importa o meio, o conteúdo ainda é o ponto crucial de um bom marketing?

 

==> É o que constrói a lealdade

Negócios não são feitos sobre os visitantes de primeira viagem. Empresas como grandes jornais não garantem o grosso de suas receitas de pessoas que leram as suas páginas pela primeira vez.

Eles fazem dinheiro com as pessoas que leram o seu conteúdo e, em seguida, decidiram que era bom o suficiente para que eles quisessem comprar novamente ou fazer uma assinatura.

No entanto, muitas publicações online abordam o seu negócio pensando no Google ou outros motores de busca. Em vez de se concentrar em atrair de volta seus visitantes, eles se concentram na otimização para motores de busca para obter mais clientes novos.

Só que a verdade é que blogs e portais realmente famosos como o UOL, Yahoo, R7 ainda tem a maioria do seu tráfego oriundo de visitantes que retornam ao seus sites.  Sim, os motores de busca amam esses sites – mas suas empresas seriam uma fração do que são hoje se não tivessem um grande conteúdo.

 

==> A Evolução dos motores de busca

Por muitos anos, o Google e outros motores de busca têm trabalhado no sentido de mostrar nas primeiras posições da página de resultados os sites com conteúdo mais relevantes. Eles querem que as pessoas que buscam em seus motores encontrem o melhor conteúdo possível em relação ao que eles estão procurando.

Como os motores de busca mais inteligentes, a parcela de comerciantes que se concentram principalmente em táticas de marketing na internet em vez de conteúdo real vai perder cada vez mais espaço nos resultados.

O Google provou isso várias vezes por rebaixando a classificação de sites com links de baixa qualidade e atualizando a importância das estatísticas de uso e outras métricas para realmente medir o conteúdo de um site através da interação das pessoas.

Se você construir o seu site em torno de um grande conteúdo, tendo uma compreensão razoável de SEO básico, o site irá florescer. Se você colocar toda a sua atenção em SEO e não prestar muita atenção ao seu conteúdo, você sempre vai estar tentando ficar um passo à frente dos motores de busca.

 

==> A capacidade de vender itens de valor elevado

Um site de conteúdo de baixa qualidade pode ser capaz de vender R$ 0,20 por clique via AdSense (sistema de monetização de publicidade do Google). Mas um site com conteúdo de alta qualidade pode vender R$ 10.000 ou mais através de programas de treinamentos específicos ou até mesmo a venda de Livros, DVDs, etc.

Ter conteúdo de grande qualidade permite que você construa um relacionamento com sua audiência. Essa relação permite a venda de uma série de coisas para eles. De produtos físicos a treinamentos online, serviços de coaching ou eventos presenciais, tudo começa de ter conteúdo de alta qualidade.

No longo prazo, apenas o conteúdo que realmente ajuda as pessoas vai ter sucesso. Conteúdo que não for de qualidade tende a cada vez mais ser rebaixado pelos motores de busca e com isso irão ter cada vez menos visibilidade.